Buscar

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Se você é paulistana e está ensinando português pro seu marido, segue a dica

Supercurti esse dicionário de paulistanês!

Pra quê ficar queimando os miolos na hora de explicar pro seu bofe o que significa orra meu, é nóis, dar um Pelé e demorô?

http://paulistanes.spturis.com.br/


Fiquei rindo sozinha enquanto lia as explicações. Triste mesmo foi a parte gastronômica...aí saudades do meu escondidinho de carne seca.


Beijos e boa leitura


sábado, 22 de fevereiro de 2014

Marido bom e bem educado é isso...

... quando percebe que tá roncando demais, antes mesmo de acordar a esposa se dirige para o sofá e lá faz sua sinfonia sozinha.

Isso ae marido, faz do jeito que eu te ensinei ...



Meu marido cuidando da manutenção do nosso casamento ...

Uma russa candidata a vereadora em Antalya

O texto foi traduzido parcialmente. Para ler a reportagem na integra (em turco) clique em http://www.dha.com.tr/irina-balci-ak-parti-den-birinci-sirada-meclis-uyesi-adayi_605746.html

Este post não faz boca de urna nem tem intenção de influenciar seu voto. 


Irina,  é primeira candidata pelo AKP


O Partido AK, Irina Balcı que há 6 anos se estabeleceu em Antalya e em 2009 se tornou cidadã turca é candidata a vereadora em primeira ordem, por Konyaaltı .

Balcı,  justificando porque entrou na política, declarou “Nós queremos viver neste país. Queremos ser úteis para o país. Temos possibilidade e força, temos vontade disso”.

Irina Balcı, que chegou à Turquia 6 anos atrás, 34 anos, mãe de 4 filhos no ano de 2009 obteve a cidadania turca. Ao mesmo tempo, está a frente da presidência da Associação Russa de Arte e Cultura em Antália. Concluiu o curso de filologia pela Universidade Pública de Moscou, depois estudou Direito Internacional pela Universidade Sorbone na França. Em Antália, onde mais de 10 mil russos que levam a  vida a moradora de Konyaaltı Irina Balci,  se lançou na política com a candidatura a vereadora municipal pelo AKP.

Balcı, que foi escolhida pelo AKP como candidata de primeira ordem na lista do contingente de candidatos pela Câmara Municipal de Vereadores, está coligada ao candidato à prefeito Remzi Sadi, do AKP.
Se vencer as eleições pelo AKP em Konyaaltı será a primeira vez em Antália que um estrangeiro com cidadania turca toma lugar no corpo de decisões da gestão local.

10 mil russos vivem em Konyaaltı

Em Konyaaltı, com o slogan  “100% de rostos sorridentes” o candidato pelo AKP Sadi disse “gente de todas as nacionalidade vivem em Konyaantı. Irina Balcı, , será representante de todos os estrangeiros naturalizados e de nossos cidadãos. Juntos objetivamos dias maravilhosos para Konyaaltı ".

O candidato pelo AKP Sadi sonha em ver russos, ucranianos, alemães ou ingleses ou qualquer um que venha de outro país e escolheu Konyaaltı juntos com os cidadãos locais construindo juntos Konyaaltı.
Em Konyaaltı vivem aproximadamente 10 mil russos, desses parte se tornou cidadão turco, uma parte conhecida com permissão de residência e trabalho continuam suas vidas em Antália, o entrevistado Remzi Sadi disse “Eles pagam impostos. Estão no mesmo Mercado que a gente, possuem negócios aqui. Os produtos deles também levam ICMS,  eles estão contribuindo para a geração de emprego. Não levá-los em conta é impossível.


Com essa visão de vida, com essa visão e vontade de prestar serviços locais esperamos que Irina Balcı ganhe mais força na prefeitura." 

Alerta logo na primeira página do consulado do Brasil em Istambul

Diga com quem andas que te direi quem é ... já dizia mamãe e eu cresci ouvindo isso.

Depois de quase entrar numa fria por conta de uma brasileira que "até de irmã" me chamava, por ela ter omitido uma informação crucial num momento crítico, eu tomei a decisão de não falar mais com estranhos.

Falando o português bem claro: não adiciono ninguém no facebook só porque é brasileiro e mora na Turquia.

E ponto final. Te garanto que estou vivendo muito bem assim.

"Credo Luci, você está sendo radical e exagerando. Não pode generalizar!"

Bem, como diz outro ditado "quem tem, tem medo." Depois da lição aprendida, passei a cultivar amizades do meu mundo real, e mesmo assim sempre verificando qual é a da pessoa.

Estórias ... já ouvi de tudo nesses 2,5 anos de vida ininterrupta aqui em İzmir. Ouvi de estrangeiro que largou a vida pra começar do zero aqui - renegando tudo o que fez no passado em sua terra natal, e muitas vezes o passado condena. Aqui adota outro nome, te conta outra estória.

Todo mundo tem problemas, mas existem problemas e delitos. E, no caso do segundo, eu quero me manter longe como sempre o fiz.

Exagero? Vocês já deram uma olhada no alerta logo na primeira página do nosso consulado em IST?

http://istambul.itamaraty.gov.br/pt-br/

Vira e mexe vejo na TV sobre brasileiro preso em aeroporto carregando drogas. Ok, sabemos que não é somente brasileiro que é envolvido com o ramo, um monte de gente faz isso mundo afora, infelizmente.


Bem, por não saber mais quem é quem nessa bagaça que eu prefiro ficar com as amizades que conheço, cuja familia eu conheço, ou no caso das estrangeiras cuja família do marido eu conheço, cujo endereço eu sei ... cuja índole seja semelhante à minha.

Pode me chamar de bicho do mato, eu não me ofendo. Mas ao menos estou me prevenindo de me enfiar em um monte de problema que eu vejo neguinho se metendo por aí...

Meu pai me falou pra ter cuidado no "estrangeiro", e eu tenho um nome a zelar.

Beijo pra você e continuem lendo o blog porque eu vou continuar escrevendo :)

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Logo mais: série de entrevistas com turcos

Olá pessoal,

Logo mais vou publicar uma série de entrevistas com amigos e parentes turcos sobre diversos assuntos: coisas que você só vê aqui, "causos" curiosos, enfim ...

Aguarde que logo mais tem leitura interessante no ar!

Beijos da Luci

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Receita de aipo (ou salsão) ao azeite de oliva (Zeytinyağlı Kereviz)

Já que o marido agrada não me fazendo tomar café turco, então a gente tem que retribuir também né?

Esse prato é típico da região do Mar Egeu - aliás eles consomem muito mais vegetais do que carne por essas bandas, e tudo regado à azeite de oliva.

O vídeo está em turco mas segue aqui a receita em português:

Porção para 6-7 pessoas.
Tempo de cozimento: 20 minutos na panela em fogo médio

1 kg de aipo
1 ovo (eu não usei)
3 batatas
2 cebolas
2 colheres de sopa de farinha de trigo
3 cenouras
1 copo americano de ervilhas (pode ser em conserva ou cozida)
1 copo americano de azeite de oliva
1 colher de chá de suco de limão
7 copos americanos de água
sal à gosto
açúcar à gosto

Modo de preparo

Numa vasilha você acrescenta 3 copos de água, a farinha e o limão e misture bem. Descasque e corte o aipo em pedaços grandes, e deixe nessa mistura que fizemos. Misture bem o aipo à mistura pra ficar bem embebido mesmo.

Na panela, aqueça o azeite de oliva e frite as cebolas bem picadas. Quando ela começar a dourar (ele fala "ficar rosa" no vídeo ...) você acrescenta a cenoura cortada em palito (como mostra no vídeo). Misture por 4-5 minutos ate a cenoura mudar de cor também.
Daí você acrescenta as batatas descascadas e cortadas em pedaços grandes. Retire o aipo da mistura e acrescente à panela também. Acrescente os 4 copos de água restantes. Acrescente o sal e o açúcar.
Acrescente as ervilhas e em fogo médio com a panela fechada cozinhe por 20 minutos.

Somente a gema mexida: acrescente após os 20 minutos de fervura, vagarosamente.

É recomendado servir FRİO. Acrescente suco de limão a gosto.



Bom apetite !

Conheça os benefícios do aipo: http://www.tuasaude.com/aipo/

Homem muda? Muda sim, com jeito e estratégia muda minha filha ...

1 - Situação: marido reclama que você não quer aprender a fazer comida turca, que você não vai na casa da sogra aprender a cozinhar com "a mamãe dele", que você ainda não entendeu que "burası Türkiye"(aqui é Turquia).
Defesa: a comida daqui me mata - vide vários posts anteriores - que eu não vou fazer uma senhora de 71 anos de idade, doente, se ocupar de me ensinar a cozinhar a comidinha que o filhinho tá acostumado a comer. Se ela não estivesse nessas condições ok, até ia lá. E outra: pra depois bater no peito e falar "ela aprendeu TUUUUUDO COMİGO, não, não vou dar esse gosto também não.



Fim de semana passado meu marido resolveu dar um churrasco pra comemorar minha recuperação - é, acho que desta vez eu estive mesmo a beira da morte ... - e convidou nossos amigos. Na noite anterior fomos ao supermercado e perguntei se deveria comprar café turco, pois alguns deles talvez iriam querer depois do churras.

- Pra quê? Já temos café brasileiro em casa!
- Sim, mas esse aqui é turco ...
- Eles têm que entender que a dona da casa é brasileira!


Ele saiu andando na frente, empurrando o carrinho enquanto eu fui sambando atrás. A música que me veio a cabeça foi essa:



Obrigada senhor por mais essa graça.


2 - Situação: marido tem ojeriza por tudo o que provém da culinária japonesa. Sushi? Nem pensar!

Comprei kanikama e comecei a cortar na frente dele."O que é isso?" perguntou. "Caranguejo" respondi."Toma, pega um."
Ele pegou um pedacinho e fez cara de quem gostou muito. "Mas que parte do caranguejo é essa?"."Isso, marido, é como salsinha: as partes todas moídas e socadas nisso aqui.

Devorou boa parte da salada e falou de comprar mais no mercado.


O mesmo aconteceu com a abobrinha, que não comia nem por decreto. Um dia, com a geladeira quase vazia, chequei o google pra saber o que dava pra fazer com abobrinha, tomates e alho. Meu marido chegou em casa e disse: "Nossa, que cheiro bom! O que você tá cozinhando?"
"Cozinhando o que você não come: abobrinha."- respondi.

Quando eu me servi, ele quis um pouco e mais, mais ...
Hoje ele diz que a única abobrinha que ele come é a minha - nem a da mamãezinha dele ele come ...

Segue a receita, super fácil de fazer. Eu não ponho pimenta pelos motivos que todos já conhecem:


Gostosa, fácil de fazer, light e versátil, os predicados desta receita não acabam… Quer mais? É um coringa para quem mora só e tem pouco tempo para cozinhar, basta preparar uma porção grande e deixar na geladeira para consumir ao longo da semana (eu adoro aquecer em uma antiaderente e depois quebrar um ovo sobre ela e comer com a gema mole!).

E apesar do tempo longo de forno, bastam 15 minutos para preparar a receita, depois é só deixar assar enquanto você toma um banho, abre um vinho e relaxa de um dia inteiro entre trabalho e trânsito…

Ingredientes
2 abobrinhas cortadas em rodelas ou no sentido do comprimento
2 tomates cortados em 1/2 rodelas
8 dentes de alho cortados grosseiramente
Azeite (a gosto: mais ou menos light, você decide!)
Sal e pimenta do reino
 trio-ingredientes-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Modo de fazer
Regue o fundo de um refratário com azeite e nele disponha metade do alho;

Cubra com uma camada de tomate e em seguida uma de abobrinha, novamente alho e assim sucessivamente, alternando camadas.

passo-a-passo-montagem-abobrinha-com-tomate-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Regue cada camada com o azeite.

Pulverize cada camada com sal e pimenta do reino

Leve ao forno pré-aquecido na temperatura alta, coberta com papel alumínio até que a abobrinha esteja cozida (aproximadamente 20 minutos).

Para saber o ponto, basta abrir uma brecha no alumínio e testar se a abobrinha está cozida com um garfo.

abobrinha-no-ponto-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Retire o papel alumínio e deixe reduzir o líquido até secar. É importante deixar que os ingredientes caramelizem, chegando a um tom de marrom avermelhado (aproximadamente 30-40 minutos), esse processo confere sabor aos alimentos, é ele que vai fazer essa abobrinha ficar d-e-l-i-c-i-o-s-a.

Então, paciência, não vá retirar do forno antes da hora e ficar uma abobrinha branquela e sem gosto no prato!

Ouvi alguém aí perguntando (sempre me fazem esta pergunta): posso substituir as abobrinhas ou acrescentar berinjelas? Sim, pode! Mas faça ao menos uma vez como está aqui, o sabor é muito delicado e eu garanto: você vai adorar.

Bom apetite!

http://www.cozinhadamatilde.com.br/abobrinha-assada-com-tomates-e-alho/


Tem uma série de outros exemplos de mudanças, como o fato dele dividir as tarefas aqui em casa, como o fato dele limpar peixe muito melhor do que eu ... forçar a mudança não é o melhor caminho. Chamá-lo pra junto de mim e fazê-lo participar das minhas atividades foi o caminho que encontrei pra que a mudança acontecesse por escolha DELE, não minha.

Um beijo da Luci

IMPORTANTE: “Brazilian Economic Outlook and Opportunities” - encontro aberto à comunidade brasileira amanhã 21/02 em İzmir

Pra você que mora em İzmir ou nos arredores, não perca. E se você ainda não transferiu seu título de eleitor poderá fazê-lo nesta ocasião.



À Comunidade brasileira,


O Consulado-Geral do Brasil em Istambul realizará o seminário “Brazilian Economic Outlook and Opportunities” em parceria com a Câmara de Comércio de Izmir, na cidade de Izmir, no dia 21 de fevereiro de 2014.

Não há custos para a participação do evento. Na ocasião, será possivel a realização da Matrícula Consular, bem como a distribuição de formulário para a transferência do Título de Eleitor, tendo em vista as eleições de outubro 2014.

Assim sendo, a comunidade brasileira residente em Izmir e na região está convidada a participar do seminário no horário e local abaixo especificado:


14:15 às 16:00

Câmara de Comércio de Izmir
Izmir Ticaret Odasi
Endereço: Atatürk Cad. No:126 Pasaport 35210
Izmir - Türkiye
Telefone: +444 9292

Documentos necessários para a Matrícula Consular e Transferência do Título de Eleitor:

1.  Matrícula Consular:
Documentos necessários:
·         Formulário devidamente preenchido e assinado;
·         1 (um) documento brasileiro válido com foto (ex.: RG, passaporte, carteira de motorista), com respectiva cópia;
·         2 (duas) fotos recentes;
·         Comprovante de residência na Turquia;
·         Taxa consular: grátis

2. Tranferência de Título de Eleitor:
O eleitor deverá apresentar, pessoalmente, os seguintes documentos acompanhados das respectivas cópias:
·         um documento oficial brasileiro de identificação (ex.: carteira de identidade, carteira profissional, certidão de nascimento ou   casamento). O novo modelo de passaporte, em razão da indisponibilidade de dados sobre filiação, somente será aceito se acompanhado de documento que possibilite a individualização do interessado no cadastro.
·         comprovante ou declaração (em anexo) que ateste sua residência no exterior;
·         título eleitoral, se dele dispuser.

A transferência só será admitida se satisfeitas as seguintes exigências:
1.      ter transcorrido, pelo menos, 1 (um) ano do alistamento ou da última transferência requerida;
2.      residir há, no mínimo, 3 (três) meses no novo domicílio;
3.      requerer pessoalmente a transferência, assinar o requerimento e apresentar a documentação acima descrita;
4.      Comprovante de quitação de serviço militar, para homens.


Cordialmente,

Consulado Geral do Brasil em Istambul
Brezilya Federatif Cumhuriyeti Istanbul Baskonsoloslugu
Consulate General of Brazil in Istanbul
Askerocagi Caddesi No:6  - Suzer Plaza, 4. Kat 
Elmadag - Sisli - Istanbul - 34367
Tel : 0212 252 00 13 / Fax : 0212 252 10 57

 

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Memories - primeira vez que eu vi neve - 02/02/2011 vídeo AGORA SİM COM TRİLHA SONORA

A música do Andrea Bocelli foi removida do meu vídeo por conta dos direitos autorais, então incluí outra.




Em memória do meu mascote Aslan, que em sua breve existência me fez companhia na minha solidão nas montanhas.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Mundo em movimento - danças turcas

Olá pessoal,

Zapeando pelo youtube - enquanto me recupero, pois é fiquei dois dias internada por conta de intoxicação alimentar, novamente pra variar - achei esse vídeo super bacana, em português.

Dá pra ter uma pequena idéia da riqueza de danças e ritmos da Turquia.

Aliás o Fire of Anatolia (mencionado no video) ou Fogo da Anatólia, fará apresentação em São Paulo mas não me recordo a data. Eles tem page no facebook por lá pode-se entrar em contato.


Mundo em movimento....


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Kurtlar Vadisi Tuzlu, mission: burning the wishes tree of Seven Sleepers Cave



Isso eu chamo de falta do que fazer rsrsrsrs.

Resumo do enredo em português: MK e Dr Bey planejam queimar a árvore dos pedidos, que fica junto da caverna dos Sete Adormecidos (consulte a wikipedia para maiores informações.) Motivo: assim somente os pedidos do M K serão atendidos, uma vez que os dos demais virarão cinzas!

Música de fundo: do seriado Kurtlar Vadisi, super popular aqui na Turquia - esse seriado, do gênero polícial e com muito sangue, tortura e tiro pra tudo quanto é lado, já dura dez anos na telinha das bandas de cá.


Beijos e bom vídeo

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Notícias diversas sobre a Turquia: internet limitada, facebook islâmico e sequestro de avião em Istambul

Facebook islâmico: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/05/muculmanos-lancam-rede-social-religiosa-para-concorrer-com-facebook.html

Internet limitada: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/controle-da-internet-por-governo-gera-novos-protestos-na-turquia.html

Sequestro de avião: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/autoridades-detem-suposto-sequestrador-de-aviao-na-turquia.html

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

O fazendeiro e seu cavalo - Atı Kaçan Çiftçi

Em turco ele leva esse nome - Atı Kaçan Çiftçi. É um conto chinês interessante, que pode ser resumido com "há males que vêm para bem".

Às vezes não nos conformamos com certas mudanças em nossas vidas, especialmente nós expatriados e expatriadas, começando do zero nossa vida em terras estrangeiras. Incertezas, dúvidas e medos povoam nossa mente. No começo tudo parece dar tão errado que dá vontade de fazer as malas e voltar correndo pro mundo que a gente conhecia: o NOSSO mundo.

Mas precisamos ter fé de que Deus está na frente de tudo, e mesmo na lama pode fazer florescer um belo lírio.



 

O Fazendeiro e seu Cavalo

Um fazendeiro, pai de família, encontrou um cavalo. Mas não era um simples cavalo, era um cavalo muito forte, bonito, ágil e muito bem adestrado. Mas o fazendeiro não era, contudo, criador de cavalos. Assim, logo seus amigos o aconselharam:
- Venda este cavalo, homem! Ele deve valer uma fortuna!
- Mas venda rápido, senão pode acontecer alguma coisa a ele, e você perder o seu dinheiro!
O fazendeiro respondeu:
- Pode ser que sim, pode ser que não.
No dia seguinte, o bom cavalo havia fugido da fazenda, e os amigos do fazendeiro vieram lhe dizer:
- Tá vendo, meu amigo? Se você tivesse vendido, já estaria com o dinheiro na mão. Agora o cavalo fugiu e você perdeu uma grande oportunidade!
O fazendeiro respondeu
- Pode ser que sim, pode ser que não.
Dez dia após o ocorrido, o cavalo voltou à fazenda, mas trouxe consigo mais cinco cavalos selvagens. Os amigos do fazendeiro, então, vieram sorridentes lhe parabenizar:
- Ainda bem que você não vendeu o cavalo aquele dia, veja só, meu caro, conseguiu mais cinco cavalos, e pode vender todos! Isso que é sorte, não?
O fazendeiro respondeu:
- Pode ser que sim, pode ser que não.
Na manhã seguinte, o jovem filho do fazendeiro resolveu galopar em um dos cavalos selvagens que haviam chegado na fazenda. Mas o cavalo não era adestrado, e de repente, tornou-se violento e derrubou o rapaz, que quebrou a perna. Os amigos do fazendeiro vieram visitar o moço, e disseram ao fazendeiro:
- Veja só que ironia ... conseguiu mais cinco cavalos, mas conseguiu também um filho com a perna quebrada! Você devia ter vendido o bom cavalo no dia em que o encontrou, meu amigo! Você teria ganhado uma boa grana, e isso não teria acontecido com seu filho.
O fazendeiro respondeu:
- Pode ser que sim, pode ser que não.
Alguns dias após esse acidente, o fazendeiro recebeu uma carta do Serviço Militar, convocando seu filho a servir em uma missão. Mas o rapaz estava com a perna quebrada, então foi obrigado a ser dispensado de tal convocação. O fazendeiro ficou feliz, pois era seu único filho, e, mesmo com a perna quebrada, preferia ele ali com a família, bem, do que correndo riscos tão longe de casa.
Os amigos do fazendeiro, rindo com essas tantas reviravoltas, tornaram a dizer:
- Sim, foi melhor não ter vendido esse cavalo! Apesar de tudo, seu filho se salvou de uma possível tragédia pior do que uma perna quebrada. Como saber o que poderia ter acontecido naquela missão? Esse cavalo só lhe trouxe sorte!
Ainda assim, o fazendeiro só lhes respondeu:
- Pode ser que sim, pode ser que não.
E assim seguimos nossa vida, deixando nas mãos do Senhor nossos destinos. Um só fio de cabelo não cai de nossas cabeças se essa não for a vontade DELE.



Atı Kaçan Çiftçi - (algo como "O cavalo que escapou do fazendeiro")

Tek atı kaçıp giden yaşlı bir çiftçiyle ilgili kadim bir Çin hikâyesi vardır. Atının tek geçim kaynağı olduğunu bilen komşuları, onu teselliye koşarlar. Yaşlı adam teselli edilmeyi reddederek, "Neyin iyi, neyin kötü olduğunu kim bilebilir?” der. 
Gerçekten de, birkaç gün sonra atı geri döner, hem de yanında vahşi bir atla birlikte. Yaşlı adamın dostları bu sefer onu kutlamaya gelirler. Kutlamaları reddeden ihtiyar, “Neyin iyi, neyin kötü olduğunu kim bilebilir?” der. 
Ve gene birkaç gün sonra yaşlı adamın oğlu vahşi ata binmeye çalışırken düşerek bacağını kırar. Dostları oğlunun talihsizliğinden duydukları üzüntüyü bildirmek için yine gelirler. “Neyin iyi, neyin kötü olduğunu kim bilebilir?” der ihtiyar. 
Aradan birkaç hafta geçer ve kasabaya, komşu ülkeyle savaşacak güçlü erkekleri askere almak için ordudan adamlar gelir, ama yaşlı adamın oğlu savaşacak durumda olmadığı için paçayı kurtarır. Neyin iyi, neyin kötü olduğunu kim bilebilir?

Guia de Conversação para Turistas na Turquia

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Em 2018, um site para brasileiros e turcos

Em 2018, um site para brasileiros e turcos
Namoro, amizade, casamento ou passatempo: somente o destino pode dizer.