Siga-me no Twitter

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Aulas de Turco

terça-feira, 26 de março de 2013

Momento ufanista: Andrea Bocelli

E desde quando o Andrea Bocelli é brasileiro ?


Bem, nossa história começou numa tarde cinzenta em Sao Paulo, no Parque da İndependência , onde tive a sorte de vê-lo (de graça) e no meio de 1 milhao de pessoas. Na época eu ja tinha sofrido aquele tombo que me destruiu os joelhos e nem tinha começado as sessoes de fisioterapia.

 
Hoje fui ao cinema para assistí-lo (sim, ao cinema!). Nao sei se ae pelas bandas do Brasil eles lançaram o filme promovendo o álbum "Passione"(além de entrevista na bela casa do Andrea Bocelli com a esposa e filhinha).
 
 
 
Estavámos eu, meu marido e minha concunhada mas, quando ele chamou a Sandy (sim, a da antiga dupla "Sandy & Junior) e começou a cantar "Corcovado" eu me segurei pra nao virar pra estranha sentada ao meu lado "isso é português" ... "eu sou brasileira também".
 
Hoje a noite, os demais que me desculpem, mas aquela música o Andrea tocou só pra mim (dúvido que tinha outro brasileiro naquela sala de cinema ...) 
 
 
Só quem está longe de casa sabe a importância deste momento .... Um beijo pra vocês !

segunda-feira, 25 de março de 2013

Bem-vindo ao mundo novo, meu caro estrangeiro.

Olá pessoal,

Depois de passar por tantas coisas e ter amadurecido - e ainda estar amadurecendo - tenho refletido no que me manteve firme e forte até o presente momento.

Fé. Sim, fé em Deus mas nao uma fé vazia de quem cruza os braços e fica esperando as soluçoes caírem do céu. Fé com labor, muito suor e sangue. E os resultados vieram e ainda estao vindo.

Ser estrangeiro nao é facil e há vários estudos que falam sobre o assunto, sobre a dinâmica que rege o psicológico de todo expatriado (num outro post vou discorrer sobre o pouco que aprendi destas pesquisas que tenho feito pra entender minha própria atençao). Aliás também estou bolando um post sobre a "sindrome de ser estrangeiro", com relatos de amigos estrangeiros de diversas partes - alguns engraçados outros nem tanto.

Nas minhas buscas pela internet encontrei este vídeo motivacional com trechos do filme "Gladiador", e me identifiquei com ele.

 
Um beijo pra vocês !

sábado, 9 de março de 2013

Altın Günü - o Dia do Ouro

Olá pessoal,

Neste post eu vou contar um pouquinho sobre o Altın Günü - o dia do ouro.

 
 
No que consiste ?
 
Um grupo (geralmente de mulheres, de todas as idades) que se encontram periodicamente (de 3 em 3 semanas ou a cada 45 dias) para almoçar num restaurante um tomar um chá da tarde e, ao final do encontro uma das pessoas do grupo recebe um valor pré-estabelecido das demais (antigamente o ouro era mais usado nestes encontros, hoje é pago em moeda local mesmo). De acordo com o que minha sogra me relatou:
 
- essa tradiçao começou na década de 80 (nao encontrei fontes na internet);
- quando ela era mais jovem, os encontros eram realizados em casa com dança e bebida (licor, whisky, o que o anfitriao oferecesse). Aliás, o anfitriao é encarregado de providenciar "os comes" além dos "bebes". O anfitriao é sempre o contemplado da vez.

 
 - Há os encontros a noite, daí sao organizados jantares e homens também participam. Os anfitrioes preparam os pratos quentes e os demais trazem pratos frios. A contribuiçao neste caso é por casal, e nao por pessoa, em Cühümriyet antını (veja a figura abaixo) e os valores variam muito de 140,00 TL a 1.800 TL (pesquisei em alguns sites).
 




Preços de cada tipo de moeda de ouro: http://www.altinsepeti.com/?g=cumhuriyet-altini-nekadar (para achar outras fontes digite "Cümhüriyet altını" no google.

- Altın Günü sem fofoca nao é Altın Günü;

- No verao (época de férias) os encontros sao suspensos, e na sua retomada os inadimplentes simplesmente deixam de ser convidados (sim, tem os que aparecem de maos vazias ou por outros motivos deixam de ir ao encontro e nao mandam o dinheiro posteriormente).

De acordo com a Matemática Financeira faz mais sentido aplicar essa importância no banco ao invés de fazer a alegria temporária de outrem aguardando a própria contemplaçao. Mas o objetivo do Altın Günü nao é enricar ninguém e sim proporciornar um atrativo intere$$ante nos encontros com os amigos queridos :-)

Dia da Mulher - em İzmir e o Dia do Homem, cadê ?

Olá pessoal,

Na data de ontem - assim como no Brasil - as mulheres se parabenizaram umas as outras, celebrando o nosso dia. Compramos um buquê lindo de flores para presentear nossa professora e o que mais me tocou foi um aluno turista (desses que aparecem de vez em quando pra assinar a lista de presença), jovem de 17 anos do Turcomenistao, desencanado de tudo. Eis que a figura chega atrasadíssima na aula, mas com um buquê tao bonito quanto o que demos da vaquinha que fizemos. Ele, por nao vir as aulas nao ficou sabendo do combinado mas mesmo assim nao deixou a data passar em branco.

Espero que esse espírito se preserve quando a barba lhe cobrir a face, ao contrário de muitos homens que ficaram resmungando ontem " e cadê o dia do homem"?

Pois é meus queridos, se vocês quiserem dia do homem vocês que vao para ...


... a Rússia! Eu nao sabia disso, mas minhas amigas russas do curso me puseram a par da novidade (novidade só pra mim, né santa?).

Achei essa info no Google que nao me deixa mentir:

O Google Rússia está celebrando hoje o Dia do Homem com um Doodle especial.
 “No dia 23 de fevereiro os russos comemoram o Dia do Homem, exatamente igual ao Dia da Mulher. Antes a data comemorava o Dia do Exercito Vermelho, mas depois que esses tempos acabaram por lá, o governo instituiu que seria festejado o Dia do Homem” >> por Mercia no blog Destino: 63ºN 10ºE. Fonte: http://googlediscovery.com/2009/02/23/doodle-dia-do-homem-na-russia/Leia mais em: http://googlediscovery.com/2009/02/23/doodle-dia-do-homem-na-russia/
 
 
E elas me contaram que, pela data vir antes do Dia da Mulher elas capricham nos presentes dos partners, pai, enfim do homem que tem significado na vida delas esperando um presente de valor equivalente no dia delas. Espertas essas russas ...


 
Ontem eu fiz a janta aqui em casa, com o prato favorito do meu marido e enfeitei a mesa. Apesar do dia ter sido da mulher celebramos também o homem que há aqui em casa e que - Graças a Deus - me dá liberdade pra ser quem eu sou, me treina pra que eu reconquiste tudo o que eu tinha enquanto eu vivia em Sao Paulo. Gozo de liberdade de ir e vir como antes :-)
 
 

Segue nota num jornal turco contando sobre a historia da data:http://haber.sol.org.tr/soldakiler/8-mart-mucadele-eden-kadinin-gunu-haberi-52443


Meu Feliz Dia das Mulheres pra todas nós!

Luci

segunda-feira, 4 de março de 2013

A origem do repente nordestino - por Mustafa Köşlü

Selam genti,
 
Aki é o Mustafa novamenti com um nova teoria: a origem do repente nordestino.
 
Aki na Turquia tem o aşık atışması, onde dois kantores com instrumentus cantando falam sobre um assunto, tudo improvisado sem dekorar antis. Meu esposa falou do "repente nordestino" e isso só confirma a minha teoria sobre a chegada dos turcos a Canoa Quebrada (http://lucinaturquia.blogspot.com/2012/10/a-origem-de-canoa-quebrada-ceara-brasil.html) certamente os turcos tambein levaran o musika ao nordeste que depois de mudar muito ficou conhecido como "repente".
 
Seguem os 2 videos para comparar os stilus.
 
 
 
 
 


Selam

Mustafa Köşlü

sábado, 2 de março de 2013

Compartilhando experiencias - pagando a conta no restaurante

Olá pessoal,

Gostaria de compartilhar um ocorrido com vocês queridos leitores, sei que nao sou nem a primeira e nem a última a passar por isso mas pra quem pensa em se mudar pra Turquia - ou pra outro país, ou seja, pra quem vai se mudar pra terras estrangeiras - fica aqui o toque.

Ontem fui a um Kahve Diyarı com uma colega de classe inglesa e na hora de usar o cartao pra pagar a conta:

1 - a garçonete passou meu cartao mas a operaçao nao foi concluida. Sem me falar nada foi com meu cartao e maquina ate o caixa e outro garçom veio e me falou que nao foi efetuada a operaçao. Quis passar meu cartao novamente mas dae eu pedi o "comprovante da operaçao nao efetivada". Ele me deu, apenas porque pedi.

2 - Passou o cartao em outra maquina e, novamente sem me falar nada vai ate o caixa e se detem la falando com outros funcionarios - sobre a maquina. Levantei e fui la ver o que se passava

3 - Eis que me vem o gerente (nisso o garçom me devolve o cartao) e me pergunta "o cartao é seu?" "sim" respondi. "Entao me da que eu preciso passar de novo".

Assim tá. Com "otoridade"! "Entao me dá ..." Perguntei o que aconteceu e ele disse que a maquina estava sem papel. Pedi o comprovante de operaçao nao realizada e ele com aspereza me falou "to falando que o papel acabou".
- Tá, e como vou saber se nao foi descontado da minha conta ?
- Como ? - perguntou ainda bravo.
İnflei o peito e repeti quase soletrando:
- E co-mo eu vou sa-ber se ja nao foi de-bi-ta-do da minha conta ?
- É ... a senhora tem razao. A senhora trabalha aqui perto ?
- Estudo aqui perto ..
Eu ia sugerir de verificar minha conta e caso constatasse que nao foi cobrado eu aparecia la na segunda e pagava, oras bolas. E ele que confiasse em mim ja que nao sabe usar a maquina e tava tentando visivelmente me fazer de boba.
Nisso a outra funcionaria pos o papel e imprimiu o comprovante - o previsivel, uma vez que fica na memória da maquina. Mas explicar isso pra eles seria perda de tempo.
Por que ?

Porque obviamente eles sabem disso. Garanto que o papel da maquininha do ViSA acabou com outros clientes e o que eles fizeram, passaram o cartao de debito novamente ? Lógico que nao.

Meu conselho: aprendam turco o maximo que puderem e pra ontem. E nao aceitem te fazerem de pateta nunca. Eu naquele momento ja estava com o celular na mao e se necessario, primeiro eu ia ligar pra policia e depois, pro marido.

Exagero ? Bem seguem alguns dos causos que eu ouvi pelas bandas de cá:

- em İstambul um turista coreano que estava num café com amigos foi extorquido em 4.000 TL (isso mesmo !). O dono do restaurante mandou duas garotas de programa pra mesa do rapaz e ele nao quis os serviços das moças e dae na hora da conta ... surpresa ! Forçaram o cara a pagar com cartao de crédito e ele, munido das provas foi dar queixa na delegacia. Burrice ? Total. Provavelmente contaram com o fato do rapaz ser turista e ficar amendrontado, fora o fato da barreira do idioma ...

- aqui em İzmir uma turista italiana foi tomar uma breja em Pasaport e quando pediu a conta o garçom informou o valor de 100 Euros. Ela reclamou e o garçom disse que era brincadeira e informou 10 Euros (mesmo assim super faturado !).

- um camarada nigeriano foi comprar um tênis e cobraram muito mais do que o valor real. Ele, sem saber e sem noçao de valores das coisas daqui pagou. Após ser alertado por um amigo, voltou a mesma loja e trocou uma idéia com o vendedor, dizendo "mano eu moro aqui tu precisa mesmo fazer isso?". O rapaz lhe devolveu a diferença e no fim acabaram virando amigos.

E isso acontece somente aqui ? Nao, lógico que nao. Eu tambem quando viajei pra Salvador (BA) vi o preço da água de coco flutuar quando eu perguntava "meu, você tem água de coco?" ou "meu rei, agua de coco ta quanto?".

Um beijo pra vocês ! (e perguntem os preços das coisas antes de consumí-las ...)

O Segredo Revelado!