Buscar

sábado, 30 de junho de 2012

Longe do computador ... mais perto da praia

Estou seguindo as recomendaçoes médicas rsrsrsrs ficando longe do computador.

De manha decidimos de sopetao ir pra Kuşadası - lugar super turistico-  e aproveitamos pra visitar minha amiga turco-belga Olcay e seu marido Philip (que nos recebeu calçando as legitimas havaianas...)

Ao contrario de Çeşme, em Kuşadası a água tem a mesma temperatura as quais eu estava acostumada em İtanhaém Beach - SP.

Seguem as fotos.



Marido num dorme no volante cê ta loko meu !




















Bem-vindo a Praia Grande ... rs

Havaianas todo mundo usa










Segurando o sol pra ele nao se pôr ...



Agradecimentos: ao vendedor de caipirinha, camarao no espeto e agua de coco que apoiaram este blog (sonha Luci, isso NAO TE PERTENCE MAİS ...)

Beijos pra vocês

quinta-feira, 28 de junho de 2012

1o Pronunciamento de Luci na Turquia

Sem maquiagem, com a roupa "da faxina", a vida como ela é ... rsrsrs

Tava escuro porque a definição da camera não é lá aquelas coisas ... video sem enquadramento mesmo porque não tenho experiência nessas coisas ...

O que vale é a mensagem...

Beijos pra vocês (prometo que pro próximo video chamo o Spielberg ...rs)

Se não gostou não precisa assistir de novo não :P

quarta-feira, 27 de junho de 2012

terça-feira, 26 de junho de 2012

Procurando Marta



Longe do computador só dá pra fazer isso ... videos 1

Luci 15 dias sem computador usar

Luci meu esposa 15 dias sem computador usar. Doctor disse.



Bejos



Mustafa (sua marido;)

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Le Man Kültür Cafe - dentro de uma página de história em quadrinhos ...

Minha amiga turco-belga Olcay me apresentou o lugar mês passado. Já existe em İstambul mas aqui em İzmir somente passou a funcionar no inverno passado.

O Le Man - jornal com várias caricaturas zoando tudo quanto é assunto, no melhor estilo zarrista do nosso "Casseta & Planeta" - é o favorito do meu marido.

E ele não sabia da existência do lugar o.O.


E eu que cheguei ontem fui apresentar o lugar pro meu maridão que mora aqui somente há 43 anos ...rsrsrsrsrsrs

Ele ficou bobo de ver os quadrinhos favoritos que lhe entreteram a vida toda virar mais do que um café - um barzinho.

Seguem as fotos:



Meu marido pediu pra eu não colocar a tradução disso aqui não ...
Marido devorando os cartoons disponiveis pros clientes enquanto esperam pelo pedido.

Estampa da poltrona confortável demais onde estavámos - com sombra e um ventinho, quase deitei e tirei uma soneca ...

Esse tava recebendo os clientes ...


Cara de acabada depois da caminhada sob o sol de 35 graus (a sombra)

"Na minha opinião este modelo preto te faz parecer muito magra"
"Ora vamos! Como a sua mentira então... " - expressão que se você traduzir ao pé da letra não tem sentido, mas em nossa lingua diriamos "vai se danar com sua mentira" , entre outras rsrsrsrs 

A conta

Olha o carinha falando coisa feia de novo

İsso é a porta do banheiro do lado de dentro - visão de quem está "visitando Miguel ..."


MAS ! Eu tenho que fazer um adendo importante nesse post: a caipirinha. Tinha caipirinha no menu, feito com xarope de açúcar.


COMO ?

Chamei o garçom e comentei com ele. Que absurdo é esse ? Preço da dose: R$ 17,00.

Outro dia ensinei o garçom a fazer a bebida no bar do primo do meu marido. R$ 24,00 a dose.

Vou começar a fazer blitz nos restaurantes que estão "denegrindo" a imagem da nossa bebida mais famosa (com todo o respeito ao guaraná, que já não é mais bebida ganhou status de "Santo" ...)

Um beijo pra vocês !

O segredo - The Secret

Um dia numa das minhas consultas ao terapeuta, isso em novembro de 2009, lembro da frase que disse:

- Quero me casar com alguém como o Mustafa. Quero deixar alguém como ele entrar na minha vida.

E pus um ponto final numa relação problemática que não estava me levando pra lugar algum que não fosse sofrimento e angústia.

Essa frase eu disse antes de viajar para Salvador, depois de passar 4 dias mostrando São Paulo pro Mustafa, que até então era somente meu amigo.

Não fazia o meu tipo, mas quando estavamos no restaurante eu passei a olhá-lo com outros olhos. Foi quando me abaixei pra pegar minha bolsa e ele pegou minha lata de coca pra abrir e servir meu copo.

Pode parecer estúpido ou ridiculo o motivo que me fez olhar para ele ... mas "nenhum homem nunca tinha feito aquilo por mim". E daquele momento em diante percebi as gentilezas que ele fazia naturalmente, sem querer bancar uma de "gentleman". Comportamento que dura ainda hoje.

Se o pensamento tem força, naquele dia eu tive a certeza. De que Deus ouve você quando você realmente quer algo, disto eu tenho certeza.

E esses dias lembrei dum best-seller, "O Segredo". Quando o livro virou febre eu cheguei a comentar "ah, mais um livro de auto-ajuda fuleira que está fazendo sucesso nas rodas dos mais fracos". Mas hoje eu comecei a assistir o filme, e achei interessante. Ele fala basicamente do que já ouvimos do psicólogo, do lider religioso, indo mesmo no óbvio e ululante.

Mas mesmo assim vale a pena assistir, porque no dia-a-dia a gente se esquece do poder do pensamento e se pega indo contra nós mesmos.

Pegue a pipoca e bom filme.


domingo, 24 de junho de 2012

The Ghost City of İzmir

Essa é Alsancak, badalado bairro de İzmir em pleno domingo ensolarado:



MAS CADÊ O POVO QUE TAVA AQUİ ATé SEMANA PASSADA ????? FORAM ABDUZİDOS ?

Não. Tão tudo em Çeşme ou Kuşadası, praias badaladas pra onde a mulherada (as que não trabalham) se mudam com os filhos (que estão em férias escolares) e passam o verão todo lá.

Diferenças culturais ... não consigo imaginar a população de São Paulo fazendo o mesmo (tirando feriado prolongado e festas de fim de ano, claro).

Marta, essa é pra você !

Ano passado quando cheguei, em pleno verão, me surpreendi com várias coisas e dentre elas a vida selvagem que circunda minha casa.

A quantidade de jabutis circulando na estrada é absurda - e graças a Deus os motoristas param pra esperar a travessia dos bichinhos, que não é tão lenta assim.

Eu sou meio "ecoboba" desde criança, sempre devorei literatura cientifica de tudo o que falasse sobre vida selvagem. Morar aqui no meio da selva é como viver tudo o que eu li na minha juventude, só que ao vivo e a cores.

Ano passado fiz meu marido parar várias vezes o carro pra colocar os quelônios longe da estrada. Demos nomes pra alguns, de Marta e Wagner, um casal de amigos meus.

Uma delas chegamos a levar pra casa, eu coloquei um adesivo da bandeira do Brasil (pra saber se era a mesma quando visse novamente). Mas essa desapareceu. Outras apareceram no jardim de casa. E assim foi.

Uma logo cedo cruzou nosso caminho. Desci do carro e a molecada veio ajudar:

- Tia tem outra ali, se quiser pode colocar lá.

E fui seguindo o moleque. Me mostrou uma rocha no formato de jabuti.

- Muleke tu tá me tirando!

E saiu dando risada, mas agradecendo por eu gostar dos animais (hayvan - animais).

Na volta mais uma! Falei pro meu marido "vamos levar pra casa essa MARTA ?"

Desci do carro e descobri que a Marta estava mais pra Mike Tayson ou Serginho Chulapa ! Mano que o negócio envergou as patas traseira e dianteira do mesmo lado contra o casco espremendo meu dedo!

- Fia da puta! - gritei, tentando não deixa-la escapar.

Coloquei atrás do banco do passageiro e a bicha bufou e correu pra baixo do banco do motorista. Meu marido deu um pulo gritando (marido o que é isso, cadê sua masculinidade ??? ) acho que ela desviou e se assentou nos meus pés.

Fui segurando com o meu pé mas o negócio se virava igual o demônio e bufafa.


- Mas cada idéia que você tem Amor, pelo amor de Deus !
- Calma, já tamo chegando. - e segurando a bicha com o pé.

Pus no nosso canteirinho na varanda, ela já tava armando plano de fuga. Pus no jardim mas daí tinha o cachorro. Por fim o jardineiro chegou e deu ação de despejo pra Marta: as flores do jardim, as remanescentes do último ataque dos cachorros, seriam devoradas pelo quelônio.

E escutei os chiados do bicho quando voltou pra floresta.

Marta, eu já expliquei várias vezes que damos 3 nomes pra quelônios: cágado, tartaruga ou jabuti, dependendo do habitat. Mas meu marido só conhece por MARTA.

Bjo pra vcs

Nas ruas ...

Coisas curiosas que eu vi enquanto caminhava por İzmir:


Quem disse que os turcos são tão inocentes não deve generalizar rsrsr. Sim, isso é um SEX SHOP. 


Ciclovia na orla de İzmir - mas o desrespeito ao ciclista é um problema em todo lugar (Creio eu que somente na Holanda e na China deve rolar mais respeito a quem não polue ...)

Essa é a ciclovia ...

Menino revirando o lixo. Triste. Depois de tirar essa foto fui comprar relógio dum camelô do Senegal (eu achei que o moço era brasileiro então fui perguntar - oras bolas, não existem negros na Turquia e os que tem, podes crer que são estrangeiros ou filhos de.) Os meninos vieram puxar assunto, perguntaram do Brasil e pediram dinheiro pra tia. É, aqui também tem esses problemas ...

A moça, por usar o vestido longo, com as duas perninhas prum lado em plena "Marginal" de İzmir. E tavam correndo viu ? Repare que ela não está usando capacete, cena bem comum por aqui mesmo nas áreas centrais.


Pichação no chão dizendo algo como "aborto é um direito (nosso)".

 
Um beijo pra vocês!

Guia de Conversação para Turistas na Turquia

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Em 2018, um site para brasileiros e turcos

Em 2018, um site para brasileiros e turcos
Namoro, amizade, casamento ou passatempo: somente o destino pode dizer.